ROTEIRO EM BUENOS AIRES: O QUE FAZER EM 3 DIAS, ONDE ME HOSPEDEI, DICAS E MUITO MAIS

Chegou a hora de falar sobre a minha viagem por Buenos Aires. Quem me acompanha no Instagram (se você ainda não me segue, adiciona lá Instagram da Grazi ) sabe que eu fiz essa viagem na cidade dos nossos hermanos. Já era uma viagem que estava nos meus planos há muito tempo, mas eu ainda não tinha feito. Então vamos ao meu roteiro de 3 dias.

3 dias são suficientes?

Se você me perguntar se 3 dias inteiros são suficiente para conhecer Buenos Aires, eu diria que NÃO, mas é um tempo ok para se ter uma ideia da cidade. Como é um lugar perto para o brasileiros viajarem, geralmente o pessoal acaba escolhendo um feriado para visitar BA. Como eu sou daquelas que gosto de caminhar com calma, explorar cada cantinho, eu recomendaria uns 5 dias, mas claro que isso depende do objetivo de cada viagem.

Um pouco sobre Buenos Aires

Buenos Aires é a capital e a maior cidade da Argentina. Também é uma das maiores cidades do mundo e um dos destinos turísticos mais importantes, é até chamada por muitos de “Paris da América do Sul”. Um lugar fascinante para você conhecer acompanhado da família, do amor da sua vida ou até mesmo sozinho, como tem MUITAS atrações o importante é se jogar!!

BA, como também é chamada, é conhecida pela arquitetura de estilo europeu e por uma rica vida cultural, com a maior concentração de teatros do mundo a cidade tem a indústria do teatro ao vivo mais movimentada da América Latina, com dezenas de produções. Os bairros Palermo e Recoleta são os tradicionais e não podem ficar de fora do seu roteiro, foram os meus preferidos.

Buenos Aires tem dois aeroportos – Ezeiza e o Aeroparque. Ezeiza é o principal. Apesar de ficar mais afastado, ele tem muito mais estrutura e um grande freeshop, é realmente um aeroporto internacional. Já o Aeroparque é pequeno, por isso a estrutura é mais precária. O ponto positivo é que ele fica bem mais próximo da cidade. Os dois tem o banco La Nación, com uma cotação muito boa do câmbio.

Nesse post você vai ver, que além de muitos passeios, nós também COMEMOS MUITO. Afinal, Buenos Aires tem uma gastronomia impecável e tradicional. Come-se muito bem na cidade, eu mesmo fiquei apaixonada. Não dá para ficar sem experimentar o doce de leite, as empanadas, as parrillas e os alfajores.  O que também não pode ficar de fora são os drinks, BA é uma das principais referências em coquetelaria na América do Sul. E claro, muito vinho Malbec.

Meu roteiro de 3 dias

Apesar de termos ficado do dia 04 de junho de 2018 a 08 de junho 2018, foram apenas 3 dias inteiros de turismo. Chegamos já era a noite e fomos embora no dia 8 cedo.

Eu e o Thiago, meu namorado, chegamos pelo aeroporto Ezeiza (como vocês leram acima, o aeroporto é afastado por isso vale contratar um serviço de transfer), nós utilizamos o serviço da Turistando Buenos Aires , (super indico TODOS os serviços deles, ao longo do post vou falar mais dos passeios que eles também oferecem). Como chegamos a noite, fizemos check-in no hotel (ficamos hospedados no Wilson Hotel em Recoleta), comemos um lanche, nos arrumamos e fomos para o bar Florería Atlántico . Olha que lugar mais lindo, o bar fica embaixo de uma floricultura.

Florería Atlántico

O lugar é pequeno, a dica é chegar cedo ou se for com bastante gente recomendo reservar. No início tivemos que esperar em pé, mas até que foi rápido e duas cadeiras no balcão foram liberadas. O bar é ponto de encontro de muitos argentinos e principalmente de turistas. A atração da casa, sem dúvida, são os drinks, diferentes e super saborosos. O preço é um pouco salgadinho, custam em torno de 220 pesos, mas achei que a experiência valeu a pena.

Separei os que pedimos e aprovamos.

Cherries Jubilee
Forêt Tropicale

 

 

 

 

Puck Prank

Dia 1: Bairros Recoleta e Palermo + Comidas típicas

Começamos o dia explorando o bairro Recoleta, já que foi onde nos hospedamos aproveitamos para começar por ele. Fomos conhecer o famoso Cemitério da Recoleta, onde estão enterradas personalidades argentinas, inclusive Evita Perón. A Evita foi atriz, líder política e ex-primeira dama, uma figura importante para o país. É um passeio diferente, mas como o cemitério é conhecido no mundo todo, vale incluir a visita. Ainda mais que a entrada é de graça.

Cemitério Recoleta

Ele é tão grande que na entrada tem um mapa com a localização. Até parece um museu a céu aberto com tantas obras de arte e decorações nas tumbas. Se você quer deixar o passeio com mais sentido, o próprio cemitério oferece uma visita guiada, de graça, de terça a domingo.

O local tem muito mais histórias do que apenas a tumba de Evita Perón, apesar de ser o que mais recebe visitas e homenagens. Alguns túmulos são considerados monumentos históricos.

Tumba Evita
tumba Evita

Saindo do cemitério, caminhando mais uns 10 minutinhos, está a famosa Floralis Genérica, para o brasileiros Flor Metálica. É um importante cartão postal da Argentina, que provavelmente você já deve ter ouvido falar. A flor abre ao amanhecer e fecha a noite. Apesar de termos ido cedo, a flor não estava totalmente aberta (como você vê na foto abaixo) quanto costuma ficar durante o dia.

O monumento metálico foi criado pelo arquiteto Eduardo Catalano e representa todas as flores do mundo. A Floralis Generica fica na Plaza de las Naciones Unidas e a entrada no parque é de graça.

Floralis Generica

O almoço foi em Palermo. Experimentamos as populares milanesas no restaurante El Preferido. O lugar é bem simples, mas a comida… pensa num bife à milanesa saboroso, agora multiplica. Foi o melhor que comi. O prato é individual e muito bem servido. Você pode escolher o acompanhamento batata frita ou purê de batata, eu optei pelo purê. É também uma boa opção para o bolso.

El Preferido

 

Almoço no El Preferido

A milanesa é um prato típico da argentina e também a queridinha dos hermanos.  Ela é tão amada que existem até restaurantes especializados apenas em bife à milanesa (conhecemos um, vou contar a nossa experiência).

Depois da comida, vamos as compras (brincadeirinha, não compramos nada, só fomos mesmo conhecer o outlet). Desde 2015, o bairro Palermo ganhou uma nova opção de compras, é o outlet a céu aberto – Distrito Arcos Premium Outlets.  No local estão reunidas mais de 60 marcas e redes de cafés.

Você pode pegar o desconto especial para turista no site do outlet. 

Distrito Arcos Premium Outlets

Depois de dar aquela conferida no outlet, fomos passear no Jardim Japonês, um dos lugares mais lindos e que precisa estar no roteiro de quem visita Buenos Aires. O jardim é o lugar ideal para desfrutar da natureza e se aproximar da cultura japonesa, no local tem lagos, (mini) cachoeiras, diversas espécies de plantas, restaurante e uma casa de chá. É uma beleza indescritível e super agradável.

Jardim Japones
Jardim Japones
Jardim Japones

O jardim abre todos os dias das 10h às 18h. A entrada custa 120 pesos,  crianças menores de 12 anos não pagam. Quem quiser conhecer mais sobre a cultura, o local também oferece visita guiada sábado, domingo e feriados às 11h da manhã, que devem ser previamente agendada.

Depois de passear no jardim, pausa para o lanche. Hora de experimentar mais uma comida típica argentina – as EMPANADAS. O restaurante foi dica de amigos que já tinham ido, se chama EL SANJUANINO. O lugar é simples, mas as empanadas… hummm DELÍCIOSAS. A que eu mais gostei foi a de mozzarella.

empanadas argentinas

A noite jantamos em um restaurante que foi um achado pertinho do hotel. O italiano Quotidiano tem uma relação custo x benefício muito boa. O ambiente é bem agradável e os atendentes solicitos.

2 pratos + 1 garrafa de vinho + 1 água + 1 sobremesa = 866 pesos.

 

Quotidiano
Quotidiano

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

massa com camarão no Quotidiano
sobremesa no Quotidiano

 

 

 

Dia 2: Passeio Delta do Tigre + Puerto Madero

Acordamos cedo para fazer o passeio pelo Delta. A cidade fica a 30 km da capital. Tão pertinho que vale sim colocar no roteiro. Fizemos o passeio com a Turistando Buenos Aires. Chegamos em Tigre de ônibus, fizemos o passeio de barco pelo Delta do Rio Paraná e voltamos também de ônibus. ⠀
O ônibus passou cedinho para nos buscar no hotel, parou na cidadezinha San Isidro e depois seguiu viagem para Tigre. Uma guia foi junto e contou um pouco da história das cidades.

Dentro do Delta existem inúmeros canais, casas de fim de semana, clubes, parques e também museu. Durante todo o trajeto um áudio-guia em espanhol, português e inglês explica a história do lugar. A que mais me chamou atenção foi a da residência do ex-presidente da Argentina Domingo Faustino Sarmiento, que para não ser danificada com o tempo, a casa teve que ficar dentro de uma caixa de vidro. A residência foi construída em 1860 e hoje funciona um museu, é a famosa Casa Museu Sarmiento.

casa na caixa de vidro

É um passeio agradável, interessante e com vários atrativos. São servidos até um cafezinho e alfajor. Se você se interessar em fazer o passeio, separe meio dia no seu roteiro. Nós saímos às 10 horas da manhã e retornamos às 14 horas.

alfajor no Delta

Na volta de Tigre ficamos em Puerto Madero, o bairro mais moderno e nobre. Também é onde está o centro financeiro de Buenos Aires. Caminhar pelo calçadão é uma delícia, você vai encontrar diversos restaurantes, mas é bom preparar o bolso já que é considerado um dos lugares mais caros para comer. Eu recomendo deixar a visita para o final da tarde e aproveitar para assistir o pôr-do-sol de lá, fizemos isso e foi maravilhoso!

pôr-do-sol Puerto Madero

Outro atrativo de Puerto Madero é a Puente de la Mujer, um dos símbolos de Buenos Aires. É também um marco arquitetônico da América Latina. Ela foi inspirada na imagem de um casal dançando tango. O mastro representa um homem que sustenta pelas costas uma mulher, representada pela curvatura central da ponte.

Puente de la mujer

Ao lado da ponte tem uma antiga embarcação o Fragato Sarmiento, onde funciona um museu flutuante. Está aberto diariamente para visitação. Ali pertinho, quase em frente a ponte, também está o pub Johnny Be Good, que eu SUPER INDICO caso você prefira algo mais badaladinho. A comida é boa e a bebida, das 18 horas às 21, é em dobro.

pub Johnny Be Good

Mais tarde fomos jantar no El Club de la Milanesa, um restaurante especializado em milanesa, como eu já escrevi aqui – algo bem comum de encontrar em Buenos Aires. O ambiente é uma graça, descolado e bem movimentado, mas confesso que não AMEI. Talvez se não tivesse pedido um mix de milanesa, teria sido mais saborosa.

El Clube de la Milanesa
El Clube de la Milanesa A

Dia 3: Livraria mais linda da América Latina + Rosedal + Planetário + Centro

A livraria El Ateneo foi escolhida pelo jornal britânico The Guardian como a 2a livraria mais linda do mundo e é a mais linda da América Latina. Por ser tão famosa e realmente linda, virou ponto turístico tradicional de quem visita Buenos Aires. No palco, tem um café para quem quer aproveitar algumas horinhas a mais.

A marca El Ateneo é uma rede tradicional de livrarias, tem outras espalhadas pela cidade, mas a que foi construída em um teatro antigo em 1919 é a El Ateneo Grand Splendid em Recoleta.

El Ateneo Grand Splendid
El Ateneo Grand Splendid

Outro cantinho em Buenos Aires que fiquei apaixonada é o Rosedal, se tornou um dos meus favoritos. O parque tem mais de 18 mil rosas, pedalinhos, lago e muita área verde. Fico imaginando, se ele já estava lindo no outono, imagina na época de floração, na primavera. No inverno funciona das 8h da manhã às 17h. No verão, o horário é ampliado, vai até às 20 horas. Além de toda beleza e contato com a natureza, outro ponto positivo é que a entrada é de graça.

Rosedal
Rosedal
Rosedal

Bem próximo do Rosedal, está o Planetário Galileo Galilei, o único da cidade e o mais importante do país. Precisa pagar para entrar, na época que fui estava 120 pesos. E para entrar no museu é 50 pesos.

Junto com o Jardim Botânico, Jardim Japones, Rosedal, o Planetário faz parte do complexo chamado Parques de Palermo. A noite ele fica todo iluminado.

Planetário

O almoço foi em um dos restaurantes indicados como a melhor parrilla argentina, o Don Julio. O estabelecimento é muito procurado e está sempre cheio por isso é indicado reservar. No nosso caso, tivemos sorte, chegamos sem reserva e tinha mesa.

De entrada eles servem um pãozinho com azeite, bem saboroso. Nós pedimos um bife de Lomo (nosso filé mignon) com purê de acompanhamento. A comida faz jus a fama, foi a melhor carne que já comi.

2 cubierto* + 1 água + 2 taças de vinho + bife lomo e purê de acompanhamento = 1250 pesos

*Cubierto é uma taxa cobrada pelo uso do serviço de mesas. É diferente dos 10%, que também é cobrado. O valor do cubierto é cobrado de acordo com cada restaurante (tem alguns que não cobram).

bife de lomo

Eu separei a quinta-feira para conhecer a Plaza de Mayo, o coração político de Buenos Aires e o centro histórico. Pesquisando sobre a história da cidade, descobri que desde 1977, todas as quintas, mães e familiares se reúnem em frente a Casa Rosada para protestar e procurar por pessoas desaparecidas durante a ditadura. O movimento já faz parte da história e é conhecido como as “mães da Plaza de Mayo“, achei curiosa e bonita essa luta. Nos destaques no meu insta , eu coloquei alguns vídeos.

Casa Rosada

A Casa Rosada é a sede do poder Executivo. É uma das construções mais emblemáticas do país e foi declarada Patrimônio Histórico Nacional. As visitas guiadas acontecem nos finais de semana e feriados, das 10 horas às 18h. Os tours em português acontecem às 12h30 e 14h30.

Ali perto também tem outro monumento importante e que precisa estar no roteiro, o Obelisco. Ele foi criado para comemorar os 400 anos de BA. O local foi escolhido onde foi hasteada pela primeira vez a bandeira da Argentina. Volta e meia o Obelisco aparece com uma cara diferente, é com ele que a cidade faz homenagens e campanhas de conscientização. Quando eu fui, por exemplo, o meio ambiente era destaque.

Obelisco

O monumento fica no cruzamento da Avenida 9 de Julio (a mais larga do mundo) com a Calle Corrientes e pode ser visto de várias ruas do centro.

Na foto estou com a Fernanda, uma amiga que se mudou para Buenos Aires para estudar. Paramos para um cafezinho ali perto, na 9 de julho. O lugar é uma graça e se tornou o meu preferido, se chama Alma Café. 

Alma Café

Reservamos a nossa última noite para curtir um show de tango. Não é uma tarefa fácil escolher em qual ir, são muitas opções, preços, shows diferentes… Optamos pelo Señor Tango, a casa mais famosa e diria que a preferida dos brasileiros. Já que é a queridinha, fomos para tirar nossas próprias conclusões. Durante o show, que dura umas 3 horas, não pode filmar nem bater foto. Só no início e no fim, então aproveite.

Señor Tango

O preço é salgadinho, mas o serviço completo inclui – transfer ida/volta do hotel + jantar + bebidas + tango. De entrada foi servida uma massa com espinafre. O prato principal foi carne com batatas e arroz. Também servem sobremesa, mas como eu não quis não sei dizer o que era.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Señor Tango

Último dia:

Quem leu esse post desde o início viu que eu não contabilizei o último dia, mas é que não deu tempo de fazer turismo, apenas check-out e almoçar. Eu já tinha lido algumas indicações de pizzarias para experimentar, e escolhemos a Guerrin, a mais tradicional e famosa da cidade. O restaurante é simples, mas estava LOTADO. A pizza é saborosa e têm muitos sabores. A conta deu 315 pesos.

A volta para o aeroporto Ezeiza foi com o transfer da turistando Buenos Aires. inclusive no site deles você consegue se informar de todos os passeio e serviços que eles oferecem. Acompanhe, também, eles no instagram turistando,  têm várias dicas legais.

Ficou com vontade de conhecer Buenos Aires e não sabe por onde começar o planejamento da sua viagem? Veja como funciona o serviço de roteiro personalizado, se ainda ficar com dúvidas pode entrar em contato comigo que eu explico.

Já tem a viagem organizada? Então veja como você pode me ajudar a manter o blog.

VAI VIAJAR? ENTÃO RESERVE A SUA HOSPEDAGEM POR AQUI

Você sabia se fizer a sua reserva com um link aqui eu recebo uma pequena comissão? 
Você não paga NADA a mais e ainda me ajuda a manter o blog.
Faça a sua reserva por aqui!!

 

Um beijo e até o próximo post!

 

 

 

Deixe seu comentário